Considera-se um utilizador «experiente» em tecnologias móveis. Dispõe do seu próprio telefone inteligente com o qual navega na Internet e utiliza várias aplicações para obter atualizações de serviços locais, como a meteorologia, etc


1::Não utilizar demasiadas aplicações, pois o telefone inteligente tornar-se-á menos seguro.
2::Bloquear todos os descarregamentos das aplicações e utilizar apenas os personalizados do seu telemóvel.
3::Analisar os pedidos de autorização ao utilizar ou instalar aplicações no telefone inteligente.

Infelizmente, esta resposta tem pouco a ver com segurança. Em vez disso, uma estratégia pertinente para garantir a sua segurança é analisar os pedidos de autorização ao utilizar ou instalar aplicações ou serviços no telefone inteligente. Deve igualmente ter em conta que muitas aplicações pré-instaladas têm acesso aos seus dados pessoais e sensíveis.

 

Embora esta prática pudesse, em parte, garantir a sua segurança em relação às novas aplicações que instala, a mesma também limita a sua utilização da Internet e do telefone. Uma estratégia mais adequada seria analisar os pedidos de autorização ao utilizar ou instalar aplicações ou serviços no telefone inteligente. Deve igualmente ter em conta que muitas aplicações pré-instaladas têm acesso aos seus dados pessoais e sensíveis.

 

Esta é a resposta correta. É importante verificar quais são os pedidos de autorização quando instala novo software em dispositivos móveis, por exemplo, um pedido de acesso aos seus dados sensíveis. Deve igualmente ter em conta que muitas aplicações pré-instaladas têm acesso aos seus dados pessoais e sensíveis.

 


e encontrar serviços adicionais, por exemplo, localizar os melhores restaurantes da zona. Muitas vezes, recebe instruções para a instalação de novas aplicações no seu dispositivo.

 

A fim de garantir que o seu dispositivo e os seus dados continuam a estar seguros, quando instalar uma nova aplicação é boa prática...