Um dia, ao consultar a sua caixa de correio eletrónico, descobre que recebeu uma mensagem de correio eletrónico de um amigo de quem não tinha notícias há, pelo menos, um ano.


3::Não fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação.
1::Clicar na ligação, uma vez que conhece o remetente (o seu amigo) da mensagem de correio eletrónico.
1::Clicar na ligação apenas se lhe parecer, de alguma maneira, familiar.

Esta é a estratégia correta. Não teve mais notícias do seu amigo durante uns tempos, e esta situação assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente. Ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico).

 

Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 

Isto é algo que não deve fazer. Esta mensagem de correio eletrónico assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente. Além disso, ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico).

 

A resposta correta é que não deve fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação. Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 

Esta estratégia é incorreta. Esta mensagem de correio eletrónico assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico). Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente.

 

A resposta correta é que não deve fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação. Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 


Quando abre a mensagem de correio eletrónico o texto refere: «Olá, clique aqui: http://shorturl.jhdsuyc.com, temos uma surpresa para si.»

 

Que medidas tomaria perante este cenário?