Um dia, ao consultar a sua caixa de correio eletrónico, descobre que recebeu uma mensagem de correio eletrónico de um amigo de quem não tinha notícias há, pelo menos, um ano.


3::Não fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação.
1::Clicar na ligação, uma vez que conhece o remetente (o seu amigo) da mensagem de correio eletrónico.
1::Clicar na ligação apenas se lhe parecer, de alguma maneira, familiar.

Esta é a estratégia correta. Não teve mais notícias do seu amigo durante uns tempos, e esta situação assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente. Ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico).

 

Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 

Isto é algo que não deve fazer. Esta mensagem de correio eletrónico assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente. Além disso, ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico).

 

A resposta correta é que não deve fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação. Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 

Esta estratégia é incorreta. Esta mensagem de correio eletrónico assemelha-se muito a uma tentativa de mistificação da interface de uma pessoa que está a piratear, de forma mal-intencionada, a conta de correio eletrónico do seu amigo e que a está a utilizar para explorar a relação de confiança existente entre si e o seu amigo. Ainda que a ligação lhe pareça, de alguma maneira, familiar, não deve clicar (note que a ligação verdadeira pode não ser a que vê na mensagem de correio eletrónico). Um software mal-intencionado pode ser instalado facilmente ao clicar numa ligação. O facto de o endereço de correio eletrónico do remetente corresponder ao endereço do seu amigo não significa que este seja necessariamente o remetente.

 

A resposta correta é que não deve fazer nada em relação à mensagem de correio eletrónico e, logicamente, não clicar na ligação. Além disso, uma boa estratégia será ligar ao seu amigo. Isto não só ajudará a confirmar a tentativa de mistificação da interface (ou, no caso de falso alarme, a esclarecer a situação), mas também servirá para alertar o seu amigo para a possível pirataria mal-intencionada da sua conta de correio eletrónico. Além disso, isto alertará o seu amigo para a possibilidade de mais tentativas de mistificação da interface do seu endereço de correio eletrónico.

 


Quando abre a mensagem de correio eletrónico o texto refere: «Olá, clique aqui: http://shorturl.jhdsuyc.com, temos uma surpresa para si.»

 

Que medidas tomaria perante este cenário?

We use cookies on our website to support technical features that enhance your user experience.
We also use analytics. To opt-out from analytics, click for more information.

I've read it More information