Hoje em dia, muitas vezes as autoridades insistem para que os utilizadores devam ser informados de que quaisquer informações que lhes dizem respeito


2::Direito de acesso.
1::Direito à liberdade de expressão.
3::Direito de eliminar os dados.

Esta resposta não é a correta, embora possa ser considerada como parcialmente correta, dado que este direito tem igualmente a ver com a proteção de dados pessoais. O direito de acesso implica que pode obter da autoridade competente a confirmação sobre se os dados pessoais que lhe dizem respeito estão a ser ou não tratados e, seja qual for o caso, as informações mais pormenorizadas (qual o tipo de dados, os fins, etc.). A resposta correta é o direito de eliminar os dados (ou o «direito a ser esquecido»), o que significa que tem o direito de obter de uma autoridade, a eliminação dos dados pessoais que lhe dizem respeito, sem qualquer demora injustificada.  Trata-se da capacitação dos indivíduos e não da eliminação de acontecimentos ou da restrição da liberdade de imprensa.  Este direito é abordado no Regulamento geral sobre a proteção de dados 2016/679 (o regulamento entrou em vigor em 24 de maio de 2016 e será aplicável a partir de 25 de maio de 2018) e alarga o direito de oposição que é abordado na Diretiva 95/46/CE relativa à proteção de dados pessoais. O regulamento está disponível no seguinte endereço: http://ec.europa.eu/justice/data-protection/reform/files/regulation_oj_en.pdf

 

Esta resposta é incorreta. Embora o direito à liberdade de expressão seja importante, o direito específico que está implícito neste cenário é o direito de eliminar os dados (ou o «direito a ser esquecido»), o que significa que tem o direito de obter de uma autoridade, a eliminação dos dados pessoais que lhe dizem respeito, sem qualquer demora injustificada.  Trata-se da capacitação dos indivíduos e não da eliminação de acontecimentos ou da restrição da liberdade de imprensa.  Este direito é abordado no Regulamento geral sobre a proteção de dados 2016/679 (o regulamento entrou em vigor em 24 de maio de 2016 e será aplicável a partir de 25 de maio de 2018) e alarga o direito de oposição que é abordado na Diretiva 95/46/CE relativa à proteção de dados pessoais. O regulamento está disponível no seguinte endereço: http://ec.europa.eu/justice/data-protection/reform/files/regulation_oj_en.pdf

 

Esta é a resposta correta. O direito de eliminar os dados (ou o «direito a ser esquecido») significa que tem o direito de obter de uma autoridade, a eliminação dos dados pessoais que lhe dizem respeito, sem qualquer demora injustificada.  Trata-se da capacitação dos indivíduos e não da eliminação de acontecimentos ou da restrição da liberdade de imprensa.  Este direito é abordado no Regulamento geral sobre a proteção de dados 2016/679 (o regulamento entrou em vigor em 24 de maio de 2016 e será aplicável a partir de 25 de maio de 2018) e alarga o direito de oposição que é abordado na Diretiva 95/46/CE relativa à proteção de dados pessoais. O regulamento está disponível no seguinte endereço: http://ec.europa.eu/justice/data-protection/reform/files/regulation_oj_en.pdf

 


existentes na Internet, nunca desaparecem e que estas informações podem vir a ser utilizadas para outros fins (provavelmente não desejados). O direito de proteger os utilizadores destes cenários é chamado...