Cada vez mais, é possível controlar os utilizadores da Internet e definir o seu perfil.


1::Navegação privada.
2::Opção de autoexclusão («opt-out»).
3::Opção não rastrear («do not track»).

Infelizmente, esta resposta é incorreta.  A navegação privada permite-lhe navegar na Internet e visitar páginas Web e serviços sem guardar no seu dispositivo informações sobre os sítios que visitou. Por conseguinte, a navegação privada permite-lhe ter privacidade só em relação a pessoas com acesso físico ao seu computador.

A resposta correta é a opção não rastrear que consiste numa combinação de aspetos técnicos e políticos. A opção não rastrear é uma função apresentada por todos os principais navegadores Web comerciais que lhe permite informar os sítios Web de que não deseja que o seu comportamento de navegação seja controlado. Embora a opção não rastrear possa, em algumas circunstâncias, controlar menos o utilizador, não existe, de momento, uma solução infalível, uma vez que os sítios Web particulares podem não respeitá-la. Outras ferramentas suplementares que podem ser consideradas são o Ghostery

https://www.ghostery.com

e o JavaScript Blocker.

http://javascript-blocker.toggleable.com/ .

 

Para mais informações, consultar o relatório da ENISA (Agência da União Europeia para a Segurança das Redes e da Informação) sobre as considerações de privacidade de controlo do comportamento em linha:

https://www.enisa.europa.eu/activities/identity-and-trust/library/deliverables/privacy-considerations-of-online-behavioural-tracking

Consultar igualmente os seguintes endereços:

http://spectrum.ieee.org/computing/software/browser-fingerprinting-and-the-onlinetracking-arms-race#

 

Esta é a resposta parcialmente correta. Alguns serviços permitem-lhe optar por excluir automaticamente certas formas de controlo e de definição de perfil. Por exemplo, algumas páginas Web dão-lhe a possibilidade de optar por excluir automaticamente a receção de publicidade direcionada, ou seja, é-lhe possível indicar que não deseja receber esse tipo de publicidade no futuro. A resposta correta é a opção não rastrear que consiste numa combinação de aspetos técnicos e políticos. A opção não rastrear é uma função apresentada por todos os principais navegadores Web comerciais que lhe permite informar os sítios Web de que não deseja que o seu comportamento de navegação seja controlado. Embora a opção não rastrear possa, em algumas circunstâncias, controlar menos o utilizador, não existe, de momento, uma solução infalível, uma vez que os sítios Web particulares podem não respeitá-la. Outras ferramentas suplementares que podem ser consideradas são o Ghostery

https://www.ghostery.com

e o JavaScript Blocker.

http://javascript-blocker.toggleable.com/.

 

Para mais informações, consultar o relatório da ENISA (Agência da União Europeia para a Segurança das Redes e da Informação) sobre as considerações de privacidade de controlo do comportamento em linha:

https://www.enisa.europa.eu/activities/identity-and-trust/library/deliverables/privacy-considerations-of-online-behavioural-tracking

Consultar igualmente os seguintes endereços:

http://spectrum.ieee.org/computing/software/browser-fingerprinting-and-the-onlinetracking-arms-race#

 

Esta é a resposta correta. Todos os principais navegadores Web comerciais apresentam a opção não rastrear, que consiste numa combinação de aspetos técnicos e políticos. A opção não rastrear permite-lhe informar os sítios Web de que não deseja que o seu comportamento de navegação seja controlado. Embora a opção não rastrear possa, em algumas circunstâncias, controlar menos o utilizador, não existe, de momento, uma solução infalível, uma vez que os sítios Web particulares podem não respeitá-la. Outras ferramentas suplementares que podem ser consideradas são o Ghostery

https://www.ghostery.com

e o JavaScript Blocker.

http://javascript-blocker.toggleable.com/

 

Para mais informações, consultar o relatório da ENISA (Agência da União Europeia para a Segurança das Redes e da Informação) sobre as considerações de privacidade de controlo do comportamento em linha:

https://www.enisa.europa.eu/activities/identity-and-trust/library/deliverables/privacy-considerations-of-online-behavioural-tracking

Consultar igualmente os seguintes endereços:

http://spectrum.ieee.org/computing/software/browser-fingerprinting-and-the-onlinetracking-arms-race#

 


Esta é a prática de adaptação dos conteúdos em linha, em especial a publicidade aos visitantes com base no que se depreende dos seus interesses, ou do seu «perfil». Por exemplo, o botão «Gosto» (como o utilizado pelo Facebook) controla os utilizadores ao navegarem nos sítios Web. De cada vez que um utilizador visita um sítio Web que contém um botão «Gosto», como o do Facebook, o sítio Web da rede social é informado desse facto, mesmo que o utilizador não clique neste botão.

 

Pode ativar uma opção que limita esta definição de perfis no seu navegador Web. A isto chama-se...