Cada vez mais é possível controlar os utilizadores da Internet e definir o seu perfil.


1::A sua identidade digital poder ser roubada.
3::Riscos para a privacidade e exclusão de serviços.
2::Vigilância em larga escala.

Infelizmente, esta resposta é incorreta. A definição de perfil dos utilizadores neste cenário não está relacionada com o risco de disfarce de identidade pessoal (esta última aceção significa que alguém pode assumir a identidade de um utilizador através da obtenção de alguns dos seus dados pessoais).

Pelo contrário, a forma como se utiliza a Internet pode ser utilizada por terceiros para construir um perfil pormenorizado sobre o utilizador (por exemplo, para ficar a conhecer mais os seus interesses), o que não só põe em risco a sua privacidade, mas também pode implicar consequências adversas, tais como a exclusão de serviços.

 

Esta é a resposta correta. Com efeito, a forma como se utiliza a Internet pode ser utilizada por terceiros para construir um perfil pormenorizado sobre o utilizador (por exemplo, para ficar a conhecer mais os seus interesses), o que não só põe em risco a sua privacidade, mas também pode implicar consequências adversas, tais como a exclusão de serviços. 

 

Esta é a resposta parcialmente correta. Com efeito, a vigilância em larga escala pode estar ligada à definição de perfil do utilizador. No entanto, a vigilância em larga escala é um termo mais geral do que a mera definição de perfil. Esta vigilância pode ser efetuada pelos Governos por razões de segurança ou razões políticas, ou por empresas, por razões comerciais.

No entanto, o maior risco provável é que a forma como se utiliza a Internet pode ser utilizada por terceiros para construir um perfil pormenorizado sobre o utilizador (por exemplo, para ficar a conhecer mais os seus interesses), o que não só põe em risco a sua privacidade, mas também pode implicar consequências adversas, tais como a exclusão de serviços.

 


Esta é a prática de adaptação dos conteúdos em linha, em especial a publicidade aos visitantes com base no que se depreende dos seus interesses. Por exemplo, o botão «Gosto» (como o utilizado pelo Facebook) controla os utilizadores ao navegarem nos sítios Web. De cada vez que um utilizador visita um sítio Web que contém um botão «Gosto», como o do Facebook, o sítio de rede social é informado desse facto, mesmo que o utilizador não clique neste botão.

 

Esta prática de definição de perfil acarreta alguns riscos para os utilizadores, dos quais um que é pertinente é...